quarta-feira, maio 20, 2015




Vai-se o bem para o bem e o mel para as abelhas
 
 
 
Adágio popular português

domingo, maio 17, 2015




Chama-se liberdade o bem que sentes,
Águia que pairas sobre as serranias;
Chamam-se tiranias
Os acenos que o mundo
Cá de baixo te faz;
Não desças do teu céu de solidão,
Pomba da verdadeira paz,
Imagem de nenhuma servidão!


Miguel Torga -  Preservação


quarta-feira, maio 13, 2015




Esta lagartinha simpática depois das transformações tornar-se-á  numa linda borboleta.

O mesmo não acontecerá com o Acordo Ortográfico que, como todos sabemos, é de bradar aos céus.

O problema, para mim, é muito mais grave porque há ainda muitos de nós que não convivem bem com a ortografia antiga quanto mais com a "moderna".

Fiz uma lista não exaustiva de palavras que ouço na televisão, não dos cidadãos  que são entrevistados mas dos próprios entrevistadores e até de alguns comentadores de alto gabarito.

Palavra Correcta                 Como alguns as pronunciam

Circunstância circonstância
Competitividade competividade
Curiosidade curosidade
Dizer dezer
Implicações emplicações
Ampolas empolas
Impostos empostos
Importância emportância
Incentivo encentivo
Informação enformação
Intervalo entervalo
Investigações envestigações
Invulgar envulgar
Aeroporto éroporto ou aerioporto
Extraordinária estródinaria
Função,funcionário fonção, foncionário
Manigâncias mãningâncias
Monitorizada monotorizada
Ao nível ó nível
Autocarro ótocarro
Auto disciplina ótó disciplina
Ouvir, ouvido óvir, óvido
Pequenos piquenos
Princípios prencípios
Quaisquer quaisqueres
Restaurante restórante
Reivindicações rinvindicações
Reunião runião
Sindicatos sendicatos
Solidariedade solidaridade
Também támem
Telefones tefones
Trimestre tremestre
Treze treuse
 
 
E, por último, a palavra helicóptero. Uma palavra que dá azo à mais extraordinária imaginação  .
Eles por vezes dizem ilcótero, licótero,elcótro  entre outras.

Em face destes exemplos, não seria melhor corrigir os erros de dicção da ortografia anterior  em vez de nos imporem esta tão nociva nova ortografia.


sexta-feira, maio 08, 2015

segunda-feira, maio 04, 2015





As arribas na Ericeira estão cobertas com estas pequenas flores.
É um  prazer passear ao longo delas e ter este espectáculo magnífico.

sexta-feira, abril 24, 2015


 25 de Abril Sempre - Fascismo Nunca Mais


Não sei, meus filhos, que mundo será o vosso.
É possível, porque tudo é possível, que ele seja
aquele que eu desejo para vós. Um simples  mundo,
onde tudo tenha apenas a dificuldade que advém
de nada haver que não seja simples e natural.
Um mundo em que tudo seja permitido,
conforme o vosso gosto, o vosso anseio, o vosso prazer,
o vosso respeito pelos outros, o respeito dos outros por vós.
E é possível que não seja isto, nem seja sequer isto
o que vos interesse para viver. Tudo é possível,
ainda quando lutemos, como devemos lutar,
por quanto nos pareça a liberdade e a justiça,
ou mais que qualquer delas uma fiel
dedicação à honra de estar vivo.
Um dia sabereis que mais que a humanidade
não tem conta o número dos que pensaram assim,
amaram o seu semelhante no que ele tinha de único,
de insólito, de livre, de diferente,
e foram sacrificados, torturados, espancados,
e entregues hipocritamente  à secular justiça,
para que os liquidasse "com uma piedade e sem efusão de sangue."...


Jorge de Sena - Carta A Meus Filhos Sobre Os Fuzilamentos De Goya (excerto) 

terça-feira, abril 21, 2015

 
Ganso do Egipto

 
Pato mandarim

 
Rolinha
 
 
Hora da sesta para estas aves que se podem ver na Casa dos Bichos.
 
Um pequeno Zoo que os Viveiros Batalha, no Casal da Carrasqueira, estrada de Santo Isidoro, instalaram na zona onde compramos tudo o que precisamos para os nossos jardins e pequenas hortas.
 
Está um espaço cuidado com muita variedade de aves. As crianças adoram e os adultos também.
Voltarei lá para ver as cabrinhas anãs que na altura estavam no pasto.
 
Uma ideia genial, bem executada.