terça-feira, dezembro 11, 2007









...
Que quem já é pecador
sofra tormentos, enfim!
Mas os Pais Natal, Senhor
Porque lhes dais tanta dor?...
Porque padecem assim?
...
Adaptação do poema de Augusto Gil, tão nosso conhecido.

6 comentários:

Carminda Pinho disse...

Ahahah!
Gostei da adaptação Isabel. Pois é, tadinho do Pai Natal que, desde que o desataram a pôr a subir varandas e dependurado durante o mês de Dezembro, ao frio e à chuva, coitado, nunca mais foi o mesmo.Lol
Bem observado e fotografado.

Beijinhos

Bipede Implume disse...

E depois penduram-no pelas mãos, eu já vi um, o ano passado, pendurado pelo pescoço, coitado.
Passa o Natal e eles lá ficam a baloiçar ao vento. A encardir a fatiota toda.
Há cada moda, amiga.
Beiinhos.

Anónimo disse...

....

Sobre os pais natal "ao dependuro" às vezes abstenho-me de falar...
Para não dizerem que eu tenho a mania...
Mas ao ver tamanha palhaçada, por aqui já em Novembro se viam a baloiçar, fico a pensar como pode haver tanta falta de gosto.

E o Presépio bem Português?
Não está na moda? É?

Beijinhos. laura

Anónimo disse...

E a moda em Belgica assim.
Nâo gosto muito os pais Natal que balanço no vento!!
Grande abraço.
Cristina

Té la mà Maria - Reus disse...

si entras en nuestro blog veras un post semejante de la invasion de los papanoels

saludos

Bipede Implume disse...

Amiga Laura
No ano passado abrandou um pouco, mas este ano... minha Nossa Senhora.
Há para todos os tamanhos e gostos.
Quem tem pequeninos põe muitos.
Vá lá, não se lembraram de pôr as renas e os trenós.
Beijinhos.

Cristina, ma chérie
Pelo que dizes também deve haver lojas de chineses em Bruxelas.
Aqui os papa Noel pendurados nas janelas são um flagelo.
Beijinhos.

té la mà maria-reus
Foi uma coincidência engraçada.
Depois de postar fui visitar os meus amigos e vi no teu blog os papanoel. É global.
A minha amiga de Bruxelas sofre do mesmo.
Saludos de muita amizade.