terça-feira, março 23, 2010




Finalmente temos Primavera e as minhas frésias e azáleas já estão em flor na minha varanda.




A face oculta do meu desconhecimento



Num passeio a Cacilhas até ao Cais do Ginjal, onde fui, de propósito, para tirar fotografias de Lisboa, encontrámos um grupo de pescadores. Um deles tinha acabado de pescar um xarroco (peixe da família dos pectorais pediculados). Confesso nunca tinha visto um xarroco. Lembrava-me de, em criança, ouvir a garotada chamar "boca de xarrroco" a alguém que tivesse uns lábios mais polpudos ou uma boca XXL. Mas só agora atingi a dimensão do insulto. Que bichinho feioso. Eu acho que é uma ela...mesmo depois de apanhada, continuava com aquele sorriso "coquette".

Posted by Picasa

5 comentários:

alfacinha disse...

Uma vez tinha a ideia brilhante para comprar uma cana e ir pescar algures nos arredores de Sesimbra Depois dalgumas horas de pescar conseguiu apanhar afinal um monstro semelhante. Então, vou - te contar uma coisa que nunca contei a ninguém. Eu estava tão horrorizado pelo aspecto dessa criatura que nunca mais fui pescar. Cumprimentos cordiais de Antuérpia

Janaina Amado disse...

Maior contraste, entre as flores e o xarroco. Lindas fotos.

Flor ♥ disse...

Isabel,

as flores são a recompensa, depois de um longo e duro inverno... quanto a "peixinha", pobrezinha: muito feia, mesmo, apesar do sorriso simpático!

Uma noite de paz, querida amiga!

Bjs.

Ana Tapadas disse...

Isabel:
Cansada até à medula...venho visitar-te e cá encontro este contraste surpreendente. As flores são promessas de dias melhores e o xarroco faz-me pensar na ria Formosa, ali entre Santa Luzia e Pedras d'El Rei, por onde deambulei em certos verões. O meu marido pescou umas dessas criaturas bizarras.
Beijinho

Bipede Implume disse...

Queridos amigos

Alfacinha
Janaína
Flor
Ana

O meu pai também adorava pescar. Não sei se alguma vez passou pela experiência de pescar tal bicharoco. Mas se isso aconteceu, nunca o levou para casa.
Estes pescadores disseram que o peixe até sabe bem. É um "primo" muiiiiito afastado do tamboril.
Que é feio, todos concordamos,
Beijinhos.
Isabel