quarta-feira, março 07, 2012



As papoilas são estrelas que caíram de sono.
Elas sabem o segredo.

Maria Ângela Alvim (1926-1959)
in Poemário Assírio e Alvim - 2008


3 comentários:

alfacinha disse...

Lá onde o solo está remexido, cresce a papoila, é o símbolo da grande guerra.
cumprimentos de Antuérpia

cores e outros amores disse...

Lindo, adoro papoilas, adoro flores e este teu blog é um jardim!

Ana Tapadas disse...

Querida Isabel,
as papoilas são o Maio do meu Alentejo...frágeis e belas. Este ano vêm tímidas e fora de época.

Beijinho