quarta-feira, janeiro 29, 2014



Perto de Arraiolos - Alentejo
 
 
Sim, olhar a paisagem...
Olhá-la como um bicho
Ou como um lago.
Olhá-la neste vago
sentimento
De pasmo e transparência.
Olhá-la na decência
Original,
Com olhos de inocência
E de cristal.
 
 
Miguel Torga - Reflexão
 
 
 
 
 

2 comentários:

alfacinha disse...

ola Isabel ,
Fiel ao meu costume, vou em breve recarregar a minha bateria no Algarve.
Cumprimentos de Antuérpia

Vieira Calado disse...

A paisagem alenteja é única.
Não admira que tenha cativado grandes poetas de outros lugares.
Beijinho para si!