sexta-feira, fevereiro 26, 2010




Chagas, Capuchinha (Tropaeolum majus)



Vem, camarada, vem
Render-me neste sonho de beleza!
Vem olhar doutro modo a natureza
E cantá-la também!

Ergue o teu coração como ninguém;
Fala doutro luar, doutra pureza;
Tens outra humanidade, outra certeza:
Leva a chama da vida mais além!

Até onde podia caminhei.
Vi a lama da terra que pisei
E cobri-a de versos e de espanto.

Mas, se o facho é maior na tua mão,
Vem, camarada irmão,
Erguer sobre os meus versos o teu canto.



Miguel Torga - Rendição

Posted by Picasa

6 comentários:

Cristina disse...

Bom fim de semana.o tempo esta muito mau, chove e vento!
Beijinhos.

Je Vois la Vie en Vert disse...

Espero que este mau tempo não estrague esta flor tão frágil.

Bom fim de semana

Beijinho

Verdinha

Ana Tapadas disse...

Amiga.
Frágil e bela é a flor, como a própria vida. há que fruir e viver cada instante.
São tão lindas as tuas fotos! Um consolo neste dia ...
Beijinho e bom Domingo

Flor ♥ disse...

As flores são tão belas e tão breves. Eternizá-las em fotografias é uma arte! Quem não se rende a tamanha beleza?

Bjs.

alfacinha disse...

Algumas flores não têm cheiro e usam outros atractivos como a cor. A cor de-laranja é uma cor muito atraente

Bipede Implume disse...

Queridos amigos

Cristina
Verdinha
Ana
Flor
Alfacinha

Podemos na realidade preservar a beleza das flores através da fotografia. Por isso é um dos meus temas favoritos.
Fico muito feliz por gostarem.
E agradeço do coração os vossos comentários.
Voltarei breve. É só mudar de PC e dar um "new look" ao blog.
Beijinhos.
Isabel