terça-feira, setembro 25, 2007

A poesia tem pés de terra.

Quando a atiramos para o céu
fica só e transida
no meio das estrelas
- a chorar com saudades dos homens
e da morte.

José Gomes Ferreira - Cinzas/I

4 comentários:

Carminda Pinho disse...

Olá Isabel!
A poesia é issso mesmo, quando o poeta está triste, melancólico, nascem as mais belas poesias.
Esta é uma delas.
Beijinhos

PS. Então que tal esse fim de semana? :)))

Comandante Ludovicus Rex disse...

A poesia é o aquecimentos da alma...
Kiss

Meg disse...

E o José Gomes Ferreira sabia bem o que dizia. Se sabia!

Um abraço

Bipede Implume disse...

Olá Amiga
Quase sempre é assim.
Tal como tu, tenho costela minhota, e a minha maneira de ser me leva mais para o lado da alegria. Mas as vezes... a melancolia ataca.
Beijinhos.
P.S. No outro blog Diletantes mostro-te onde estive no fim de semana.
Beijinhos.


Meu amigo e Comandante Ludo
Para mim a poesia, tal como a música, é o alimento da alma. Sempre.
Beijinhos.

Meg, minha amiga
O José Gomes Ferreira faz parte daquele grupo de autores que devemos guardar como um tesouro e divulgar.
Beijinhos.