terça-feira, maio 13, 2008



Além de flores também gosto muito de cães.
As três primeiras fotografias foram tiradas em Santiago do Cacém.
A última é da minha cachorrinha Micas, muito ladina e muito esperta. Foi abandonada e está connosco há ano e meio. E é uma alegria.

7 comentários:

Anna disse...

Olá!
Obrigada pela visita!
também tenho uma cadela...linda. Chama-se «Bianca» e é uma breton muito meiguinha.
Os Açores são lindos. Estive lá no verão passado.

Cristina disse...

Boa tarde, amiga.
Muito calor aqui, adoro!!!
Grande abraço.

Cristina disse...

Boa tarde, amiga.
Muito calor aqui, adoro!!!
Grande abraço.

Cristina disse...

Boa tarde, amiga.
Muito calor aqui, adoro!!!
Grande abraço.

Carminda disse...

E que linda que é a tua Micas!!!
Tem um ar bem esperto.:)

Beijos

LuaDMarfim disse...

Eu também adoro cães, alias animais em geral mas com um ar ameaçador destes, estou certa que as minahs fotos sairiam muito tremidas!
Ja a Micas tem um ar super meigo.

SR

Bipede Implume disse...

Olá Anna
Sempre tive cães, desde criança. E parece que é sina minha levar para casa os abandonados. Esta é a terceira. Mas o que eles nos dão em amor compensa tudo.
Abraços.

Querida Cristina
Agora tens tu calor e nós, infelizmente, temos tido algum frio e chuva. Já guardei a roupa quente e, parece, que tenho que voltar a usar.
Beijinhos e saudades.

Querida Carminda
A minha Micas é lindíssima. É uma miss. E tão meiguinha. Mas não foi sempre assim. Quando a trouxemos para casa e, durante uns dois meses, ficava como ausente com os olhos a fitar algo que nós não víamos. Como se estivesse há espera que a viessem buscar. Era triste de ver. Agora está perfeitamente ambientada e é muito feliz. As pessoas que abandonam os cães mereciam ser castigadas.
Beijinhos, amiga.

Olá Luadmarfim
Aqueles cães assustavam um bocadinho mas era mais barulho que outra coisa. Achei-os bonitos.
A Micas é uma ternura. Demais, porque quando sai faz festas a toda a gente, principalmente a crianças. Já é popular e até se metem com ela.
Obrigada pela visita
Abraços.