terça-feira, maio 29, 2012




  


Gosto de todas estas minhas rosas






Mas das que gosto mais são estas, rosas bravas, rosas singelas, frágeis.
Mal abrem as sua pétalas, se um vento mais forte acontece e lhe arrancam as pétalas, ficam assim expostas, vulneráveis.
Mas enquanto duram, quanta beleza.

3 comentários:

Ana Tapadas disse...

Querida Isabel,
que belas postagens tenho andado a perder!

Nesta, as tuas rosas , deixam-me fascinada. Também gosto muito de rosas sarmentosas e bravias.

(Exausta).

Beijinho e obrigada pela tua atenção.

maria joao moreira disse...

são lindas as tuas rosas, mesmo as que o vento despiu... um beijo!

alfacinha disse...

O que é que chamamos uma rosa, por outro nome teria como cheiro doce.
Cumprimentos de Antuérpia