segunda-feira, setembro 26, 2011



 A recente entrada em vigor do Acordo Ortográfico  produziu em mim  um sentimento  de perda.
Ao longo da minha vida habituei-me a amar as palavras, tal como se escreviam até agora. Fazem parte do meu crescimento. Foi com essas palavras que li e continuo a ler os nossos grandes escritores. Afeiçoei-me a elas e vejo-as partir com muita tristeza.

Não acredito que este Acordo vá transformar quem  escreve mal e pronuncia mal a nossa Língua.
Quem é que nunca ouviu dizer:

"Enformação"  em vez de Informação
"Enteressado" em vez de Interessado
"Fonciona" em vez de Funciona
"Poribir" em vez de Proibir
"Biolgo" em vez de Biólogo
"Omnívaro" em vez de Omnívoro
"Hilcóptero" em vez de Helicóptero
"Helioporto" em vez de Heliporto
"Númaro" em vez de Número
"Solarengo" em vez de Soalheiro(quando se referem ao Sol)
"Competividade" em vez de Competitividade
"Empreendorismo" em vez de Empreendedorismo

E muitas, muitas mais.

O Acordo deixa cair as consoantes mudas.
Como assim "afetivo" como assim  "anticoncecional" como assim o meu deus "Egito"? (Como diria  Mário Cesariny). Para, logo a seguir, repescarmos o "p" em egiptólogo. Não entendo.

Comigo as consoantes mudas vão ter sempre voz.

.

3 comentários:

christina disse...

Ouf,complicado!!!
BOM SEMANA,AMIGOS,BEIJINHOS.

Ana Tapadas disse...

Querida Isabel,
Ai, não me baralhes mais...que ainda adopto a minha linguagem alentejana e o «dialecto» minhoto do meu marido!
(Imaginas como me sinto no trabalho. Estudei para quê? Ensino, exactamente, o quê?).

Beijinhos

Amanhecer disse...

Espero que os idiomas sejam, com o passar do tempo, cada vez mais acessíveis a todos os povos e acredito que a evolução seja uma coisa inevitável. No caso específico da língua portuguesa, temos coisas que talvez um dia tenham mesmo que ser simplificadas (ou "simpladas" = que bem poderia definir o "tornar simples", por exemplo) para um aprendizado mais fácil. Por exemplo, cedilhas, tremas e acentos bem que poderiam simplesmente deixar de existir. Já se nota aqui no Brasil uma mudança de ortografia principalmente entre os jovens que se comunicam pela internet alterando palavras e criando gírias próprias que, no meu entender, irão se incorporar a novos dicionários.

Parabéns pelo Blog. Muito bonito e lindas fotos.