sexta-feira, maio 15, 2009




Lisboa



Senhor feitor,
trago-lhe notícia
da magia do dia-a-dia
por esta feitoria,
do crescente transformar do pensar em experimentar,
deste quotidiano passar
de seu reino de sonhar
a seus palácios de concreto,
como à Ciência compete
criar
criando,
fazer
fazendo,
construir
construindo,
amar
amando,
no mais ousado plantar de gerúndios
p'las ilhas da cidade,
por homens e mulheres com asas,
transformando-a assim
em lugar não só de estar, mas de ser,
não mais só de desejar, mas de ter,
feitoria
da inebriante magia
de podermos ser
humanos sendo,
fazer fazendo,
amar amando,
aprender aprendendo,
responder perguntando,
como à Ciência compete.

Maria de Sousa - Feitoria Mágica

Obrigada Alfacinha


Tenha um óptimo dia

Tirei esta imagem do Querubim Peregrino/Maria Faia para nos ajudar a ter um bom fim de semana.

Posted by Picasa

8 comentários:

Flor ♥ disse...

Isabel,

As vistas de Lisboa são exuberantes, um lugar não só de estar, mas de ser, como bem diz o poema!

Um beijo, querida, e um final de semana perfeito prá ti!

Carminda Pinho disse...

E Lisboa aqui tão perto...

Beijinhos Isabel, e bom fim de semana

Cristina disse...

Lisboa prncesa do Tejo!!Que saudade...
Bom fim de semana, grande abraço.

Ana Tapadas disse...

Amiga:
Sim...gosto de ser comedida na linguagem e se uso essa palavra é porque uma sintonia aconteceu. Obrigada, sempre.
Nos fins-de-semana o meu pequeno mundo cai-me sobre as costas...
É bom passar aqui e ver estas imagens de Lisboa, belíssima!
beijinho e bom Domingo

Ana Tapadas disse...

Isabel:
Vê tu...tinha uma «tentativa» de blogue chamado SUL SERENO. Até gostava do título...era só poesia. Acabei por fechá-lo pouco tempo depois. Escolhi este...e também fui logo encontrar essa situação.
Hélas!
Beijinho outra vez

Je Vois la Vie en Vert disse...

O azul do ceú
e a luz de Portugal,
não há igual !
Até soou a versos...
Com muito gosto te conhecerei quando da visita da Cristina !

Beijinhos

Verdinha

comboio turbulento disse...

Que luz tem esta cidade! Sou um tripeiro inveterado mas com uma paixão partilhada pela luz de Lisboa.
Obrigado por trazeres aqui tão belas fotos

Janaina Amado disse...

Ah, querida Lisboa, visitada há tão pouco tempo! Lindas fotos, lindo poema, Isabel - estou de volta ao blog, com saudades.