sexta-feira, janeiro 30, 2009




Monserrate-Sintra

Faz-se luz pelo processo
de eliminação de sombras
Ora as sombras existem
as sombras têm exaustiva vida própria
não dum e doutro lado da luz mas no próprio seio dela
intensamente amantes loucamente amadas
e espalham pelo chão braços de luz cinzenta
que se introduzem pelo bico nos olhos do homem

Por outro lado a sombra dita a luz
não ilumina realmente os objectos
os objectos vivem às escuras
numa perpétua aurora surrealista
com a qual não podemos contactar
senão como amantes
de olhos fechados
e lâmpadas nos dedos e na boca

Mário Cesariny - Poema

Posted by Picasa

6 comentários:

Cristina disse...

Bom fim de semana.Aqui sol, mas que frio!!!!
Grande abraço.

JK disse...

Que lugar precioso este Monserrate para perderse o para encontrarse
Un abrazo.

alfacinha disse...

Não só Monserrate mas a inteira Sintra é um museu aberto com os seus jardins espectaculares. Também acalento uma boa lembrança da Quinta da Regaleira , onde tive o privilegio ter com guia o grão - mestre da maçonaria portuguesa que lá estava na companhia de um grupo suíças .Em vez de ouvir uma explicação chata, o mestre sabia contar coisas em pormenores sobre os moradores antigos e os segredos misteriosos que a quinta esconde. Sintra é uma pérola de beleza. Cumprimentos de Antuérpia

Ana Tapadas disse...

Olá!
E a chuva continua...
Impressionantes as árvores e os ângulos escolhidos!
Na realidade eu SUSPIRO pela Primavera...e essa foto tem uma história de vida: é na Califórnia após chuva e foi-me enviada por uma colega cujo marido sofre de cancro do cólon (já operado e em sobrevida), mas que teve que se aposentar ainda novo e que agora ocupa o tempo com dificuldade. A net ajuda, mesmo se não preenche os longos dias de quem viveu e trabalhou fora do país e teve uma carreira no funcionarismo.Ele pesquisou-me a foto ela enviou-ma e eu entendi dar-lhe relevo, com afecto. Ainda bem que gostaste.
Beijinho

Flor ♥ disse...

Belas árvores em Sintra, e esse tema de Cesariny - luz e sombras é encantador, também!

Beijos!

Bipede Implume disse...

Olá meus amigos

Cristina
JK
Alfacinha
Ana
Flor

Sintra é uma jóia tão perto de Lisboa. Merece uma visita com tempo e com calma. Envolta em mistérios no seu clima tão peculiar. Cada vez que a visito é sempre uma descoberta.
Muito obrigada e beijinhos.