sexta-feira, setembro 26, 2008



Eu podia falar-vos do Outono, da limpidez dos seus dias, das grandes tardes nostálgicas junto das árvores que se desfolham ao sabor do vento.

Mas não...



Prefiro deixar-vos a simplicidade destas flores de beira de caminho. Não têm mãos que as cuidem, nem jarras de porcelana, nem penumbras de salas perfumadas. Existem assim, belas, para os nossos olhos de caminhante.

Bom fim de semana.

Posted by Picasa

11 comentários:

Cristina disse...

Bom fim de semana, grande abraço.

Ana Tapadas disse...

Bom fim-de-semana! És de certeza um ser humano maravilhoso = Bípede Implume.
Beijinho

Carminda Pinho disse...

E são tão bonitas, Isabel...
Obrigada.:)

Beijos

o que me vier à real gana disse...

Olá, obrigado pela visita ao "real gana". O diletantes é bom... aqui não fica atrás!
Espero que continuemos as visitas e os coments!

Lídia disse...

Lindas flores e pormenores que só tu captas tão bem. Bom fim de semana.
Um beijo
Lidia.

Meg disse...

A imagem campestre faz-me lembrar uma tela de van Gogh... cores de outono bem intensas.
Mas são belas também as flores silvestres na sua simplicidade.

Obrigada por este regalo para os olhos.
Um abraço

Bipede Implume disse...

Olá Amigos

Cristina
Ana Tapadas
Carminda
O que me vier à real gana
Lídia
Meg

Obrigada pelas vossas palavras carinhosas.
Beijinhos para todos.

LuaDMarfim disse...

Parabens pelas fotos, por nos recordar que as cores do outono são tao válidas como quaisquer outras e que a beleza está especialmente nos olhos de quem as observa (e captura)

Lua

Bipede Implume disse...

Olá luadmarfim
Obrigada pelo comentário.
Concordo inteiramente que a beleza está nos olhos de quem vê.
Grande abraço.

Anónimo disse...

cheap generic ativan can dog overdose ativan - ativan elderly

Anónimo disse...

buy xanax 20mg hydrocodone and 1 mg xanax - xanax dosage chart